Podcast # 33B: Fernando Ulrich e Tavi Costa – economia e finanças

45:08
 
Share
 

Manage episode 267564004 series 2493704
By L2capital. Discovered by Player FM and our community — copyright is owned by the publisher, not Player FM, and audio is streamed directly from their servers. Hit the Subscribe button to track updates in Player FM, or paste the feed URL into other podcast apps.

No episódio de hoje, segunda parte de uma conversa que foi dividida em duas, Marcelo López conversou com Fernando Ulrich, sócio da Liberta Investimentos, e com Otávio Costa, mais conhecido como Tavi, portfolio manager da Crescat Capital.

Marcelo começa falando do atual estado dos mercados e de uma possível bolha que está se formando nas bolsas pelo mundo afora, especialmente após a entrada mais expressiva do varejo. López cita o exemplo da Tesla e compara o patrimônio de Warren Buffett com o de Elon Musk, sugerindo que isso pode ser um indicador.

Fernando menciona alguns exemplos de empresas que estão quebradas e viram suas ações disparar nos últimos meses, como resultado de aplicativos como Robin Hood.

Tavi comenta sobre frases como “fundamentos não importam” e as críticas ao Warren Buffett. Nesse contexto, ele discute sobre a solidez dos fundamentos da economia e, mais especificamente, sobre o mercado de mineração, os setores bancários, imobiliário e de tecnologia.

Fernando faz uma provocação dizendo que o mercado só está subindo por causa do Fed e dos estímulos dos bancos centrais.

Marcelo fala sobre a tese de investimento em urânio e da assimetria favorável ao investidor paciente e compara com a relação risco x retorno no caso dos investimentos em tecnologia.

Tavi complementa os argumentos e conclusões com alguns exemplos e mostra que a dívida das empresas está alta e continua subindo e faz um questionamento com relação ao mercado de urânio e de commodities em geral.

Marcelo explica em mais detalhes o mercado de urânio, salienta aspectos ligados ao crescimento do mercado consumidor (reatores nucleares) e aos cortes de produção das mineradoras. Ele ainda destaca haver um déficit crescente entre oferta e demanda e acredita que o ajuste será feito por meio do preço do metal.

Marcelo também conta sobre a Coca-Cola e o que realmente está mudando nas empresas, e contrasta o aumento do endividamento e das recompras de ações com as receitas e margens dos negócios.

López pergunta sobre a visão dos convidados sobre bolsa, dólar e taxa juros. Tavi chama a atenção para o estresse no câmbio dos mercados emergentes e destaca problemas na economia chinesa que podem repercutir pelo mundo afora.

Fernando discute os impactos da atual taxa de juros no Brasil e da situação fiscal no câmbio, além das consequências da volatilidade na moeda, e defende uma mudança na meta de inflação.

Marcelo traz à discussão o tema bitcoin e Fernando explica o racional por trás da sua tese de investimento, que foca primeiro em reserva de valor e depois em meio de troca. Tavi também dá sua opinião sobre a moeda digital e sobre uma possível forma de diversificação.

36 episodes